domingo, 3 de junho de 2012

Midas

Toque de Ouro


Certo dia, Dionísio (deus do vinho e das festas) havia se "perdido" e alguns camponeses o ajudaram por 10 dias      e 10 noites. No 11° dia, Dionísio disse a um deles que concederia qualquer desejo, e uma delas pediu para que tudo o que tocasse se transformasse em ouro. E assim foi feito. Ele estava muito feliz com isso, mas em certo dia, ele queria comer, e quando foi tocar em seu pão, ele se transformou em ouro, não deixando o pobre Midas comer. Depois, ele tentou beber um pouco de vinho, mas o vinho também se transformou em ouro, então ele viu que não iria sobreviver com isso. Muito triste com isso, falou a Dionísio que queria muito que retira-se seu dom, e ele respondeu:
 -Vá ao rio Pactolo, e banhe seu corpo inteiro la dentro, e assim, seu dom sumirá.
E assim foi feito, e a partir deste dia, ele odiou a riqueza.

Orelhas de Burro

Quando ele se cansou da riqueza, foi morar no campo, cultuando Pã (deus das florestas). Certo dia, Pã decidiu que sua musica era melhor que a de Apolo, e começou uma briga. Para resolver isso, eles escolheram um "juiz" e tocaram suas musicas. O juiz decidiu que Apolo havia ganhado, mas Midas disse que Pã havia sido melhor, e com muita raiva disso, Apolo transformou suas orelhas em orelhas de burro.

O Cabeleireiro

Midas não contou nada para ninguém sobre as orelhas de burro, apenas a seu cabeleireiro, que não pode se conter, e abriu um buraco no chão e falou o tal segredo. Logo nesse buraco em que ele falou, nasceu uma arvore, que quando estava madura começou a sussurrar o segredo toda a vez que uma brisa passava.
Postar um comentário