quinta-feira, 28 de junho de 2012

Moros

Hoje irei postar sobre Moros, o deus da sorte e do destino. Dizia-se que ele via o destino de todos, desde uma pequena lagarta até a de um deus ou titan. Os gregos o imaginavam como um deus em que estava nos céus, com um cajado em uma de suas mãos e as estrelas na outra mão. Nem Zeus podia evitar o que ele via no destino, ninguém podia, nem ele mesmo. Ele tinha um livro, onde apenas os oráculos podiam ler e ver. Os gregos o consideravam marido de Ananke e pai das moiras. Já que os gregos não podiam falar com ele, eles iam a busca das moiras, a quem pediam o futuro.
Postar um comentário