sábado, 14 de julho de 2012

Ênio


Ênio ou Belona
Ênio era a deusa do horror, e era muito conhecida como a "destruidora de cidades", ela, assim como Phobos e Deimos, acompanhava Ares em suas batalhas. Antigamente, os gregos faziam uma "homenagem" a Zeus, Deméter, Atena e Ênio, esta homenagem se chamava Omoloia. Ela, certo dia, se apaixonou perdidamente por Oberon (deus da escuridão) que era filho de Hades.

Textos retirados de outros lugares:
  Ênio (em grego Ένυώ, "horror") é uma personagem da mitologia grega. É uma antiga deusa conhecida pelo epíteto de «Destruidora de Cidades» e frequentemente representada coberta de sangue e levando armas de guerra. Filha de Zeus e Hera, e em algumas versões, filha de Eris, com frequência é retratada junto a Fobos e Deimos como acompanhante de Ares, o deus chefe da guerra, e dizia-se que era tanto sua amante como sua irmã, e em versões menos aceitas é até sua mãe.
  Em Tebas e Orcômeno se celebrava um festival chamado Όμολώϊα em homenagem a Zeus, Deméter, Atena e Enio, e dizia-se que Zeus havia recebido o epíteto Homoloios de Homolois, uma sacerdotisa de Enio (Suidas Homolois). Uma estátua de Ênio, feita pelos filhos de Praxíteles, encontrava-se no templo de Ares em Atenas quando Pausânias o visitou.[1] Além de tudo isso, ela apaixonou-se perdidamente por Oberon, deus da escuridão, filho de Hades.
(Texto retirado de http://pt.wikipedia.org)



  Ênio (do grego Ἐνυώ, Enyô) era uma antiga deusa da guerra, filha de Zeus e Hera e contraparte e irmã de Ares, segundo Eustácio, comentador de Homero, embora o autor da Ilíada pareça considerá-la a mesma deusa que Éris, a discórdia. Com Ares, teria sido mãe de Eniálio, um deus menor da guerra, segundo Quinto Esmirneu.
  O nome Ênio é provavelmente um hipocorístico feminino de Enyálios, nome de um deus da guerra, muitas vezes associado ao grito de guerra. Este último já aparece no período micênico sob a forma Enuwarijo e trata-se, provavelmente, de divindade pré-helênica.
  Como deusa da guerra, Ênio é responsável por orquestrar a destruição de cidades, frequentemente acompanhando Ares na batalha e descrita como "suprema na guerra". Durante a queda de Troia, Ênio infligiu horror e morte, ao lado de Éris, Fobos e Deimos, os dois filhos de Ares.
  Em Tebas e Orcômeno, um festival chamado Homolôïa era celebrado em honra de Zeus, Deméter, Atena e Ênio, que teriam recebido o epíteto de Homoloïus de Homoloïs, uma sacerdotisa de Ênio. Uma estátua de Ênio, feita pelos filhos de Praxíteles, erguia-se no templo de Ares em Atenas. Uma das Greias, segundo Hesíodo, era também chamada Ênio.

Ênio foi identificada pelos gregos com a deusa anatólia Ma e com a deusa romana da guerra, Belona.
(Texto retirado de http://pt.fantasia.wikia.com)
Postar um comentário